PROGRAMA PONTE PARA O FUTURO: APROFUNDAMENTO DA POLÍTICA EDUCACIONAL NEOLIBERAL NO BRASIL E REFLEXOS NA EDUCAÇÃO ESTADUAL EM GOIÁS

Autores

  • Eude de Souza Campos
  • Raquel A. Marra da Madeira Freitas

Resumo

O artigo examina as diretrizes do Uma Ponte para o Futuro e a conjuntura da retomada de uma política educacional neoliberal no Brasil, com a desestruturação do plano nacional de educação (PNE) vigente e os reflexos desse processo no modelo educacional estadual implantado em Goiás. Projeta-se um cenário de total desmantelamento da escola pública, com agravamento dos contrastes sociais brasileiros.

Biografia do Autor

Eude de Souza Campos

Doutorando, discente do Programa de Pós-Graduação em Educação (Doutorado) da Pontifícia Universidade Católica de Goiás- PUC Goiás.

Raquel A. Marra da Madeira Freitas

Doutora em Educação, docente da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, no Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado) e no Mestrado em Atenção à Saúde. Professora e Pesquisadora PPGE - PUC Goiás.

Referências

ALAVARSE, O. M. Política de premiação por bônus – entrevista concedida ao Observatório da Educação. Depoimento. [10 de Dezembro de 2008]. São Paulo: Ação Educativa. Disponível em http://www.observatoriodaeducacao.org.br/index.php?option=com_content&view=arti cle&id=602:pesquisador-avalia-politica-de-premiacao-por. Acesso em: 14/01/2017.

BANCO MUNDIAL. Land policies for growth and poverty reduction. Washington D.C., 2003, 240p.

______. Constructing knowledge societies: new challenges for tertiary education. 2002. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2016.

______. Aprendizagem para Todos. Estratégia 2020 para a Educação do Grupo Banco Mundial. Resumo executivo. Washington, 2011. Disponível em: Acesso em: 20 fev. 2016.

______. Atingindo uma Educação de Nível Mundial no Brasil: próximos passos – sumário executivo. 2010. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2016.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado, 1988. 140 p., 1988.

______. Lei n.13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação – PNE e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF. 26 jun. 2014. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato20112014/2014/lei/l13005.htm. Acesso em: 25/01/2017.

______. Ministério da Educação. Planejando a Próxima Década. Conhecendo as 20 Metas do Plano Nacional de Educação. Ministério da Educação/Secretaria de Articulação com os Sistemas de Ensino (MEC/Sase): Brasília, DF, 2014.

BRZEZINSKI, I. Políticas contemporâneas de formação de professores para os anos iniciais do ensino fundamental. Educação & Sociedade, Campinas, v.29, n.105, p. 1139-1166, set./dez. 2008.

CANOTILHO, J. J. Gomes. Direito Constitucional e Teoria da Constituição. 7 ed. Coimbra: Almedina, 2003.

CAVALCANTI, B. M.; VENERIO, C. M. S. Uma ponte para o futuro? Reflexões sobre a plataforma política do governo Temer. RIL, Brasília a. 54 n. 215 jul./set. 2017 p. 139-162.

COUTINHO, Carlos Nelson. Cidadania, democracia e educação. Séries Ideias Escola: espaço de construção da cidadania. São Paulo, n. 24, 1994.

ECHALAR, A. D. L. F.; PEIXOTO, J.; CARVALHO, R. M. A. (Orgs.). Ecos e repercussões dos processos formativos nas práticas docentes mediadas pelas tecnologias: a visão de professores da rede pública da educação básica do estado de Goiás sobre os usos das tecnologias na educação. Goiânia: Kelps, 2015, 142p.

FREITAS, Luiz Carlos de (Org.). Dossiê "Políticas Públicas de Responsabilização na Educação". Educação & Sociedade, Campinas, v. 33, n. 119, abr./jun. 2012.

______. Caminhos da avaliação de sistemas educacionais no Brasil: o embate entre a cultura da auditoria e a cultura da avaliação. In: BAUER, A.; GATTI, B. A. (Org.). Vinte e cinco anos de avaliação de sistemas educacionais no Brasil: implicações nas redes de ensino, no currículo e na formação de professores. Florianópolis: Insular, 2013a. p. 147-176.

______. Políticas de responsabilização: entre a falta de evidência e a ética. Cadernos de Pesquisa, v. 43, n. 148, p. 348-365, jan. /abr. 2013b.

GOIÁS (Estado). Secretaria de Educação. Reorientação curricular do 1º ao 9º ano: Currículo em debate. Goiânia, 2009.

GOIÁS (Estado). Currículo Ensino Fundamental e Médio 2012. Disponível em:http://portal.seduc.go.gov.br/Documentos%20Importantes/Diversos/CurriculoRefe rencia. Acesso em 05/02/2017.

LIBÂNEO, J. C. O dualismo perverso da escola pública brasileira: escola do conhecimento para os ricos, escola do acolhimento social para os pobres. Educação e Pesquisa, Mar 2012, vol.38, no.1, p.13-28. SCIELO.

______. Considerações críticas sobre o documento “Diretrizes do Pacto pela Educação: Reforma Educacional Goiana - Setembro 2011. Disponível em http://sintego.org.br/midias/banners/13122013082557.pdf Acesso em 10/07/2015.

______. Internacionalização das políticas educacionais e repercussões no funcionamento curricular pedagógico das escolas. In: LIBÂNEO, J. C.; SUANNO, M. V. R.; LIMONTA, S. V. (Orgs.) Qualidade na escola pública: políticas educacionais, didática e formação de professores. Goiânia: Ceped Publicações - Kelps, 2013, p. 4772.

LOCKE, John. A letter concerning toleration. Indianapolis: Hackett, 1983.

MARX, K. Contribuição à crítica da economia política. São Paulo: Martins Fontes, 1983.

NÓVOA, A. Professores: imagens do futuro presente. Lisboa: Educa, 2009.

PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO (PMDB). Programa Partidário Democracia com Desenvolvimento: novo programa doutrinário do PMBD. Brasília, 11 jun. 2012.

PARTIDO DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO BRASILEIRO (PMDB). Uma ponte para o futuro. Brasília, 29 out. 2015.

PIKETTY, Thomas. O Capital no século XXI. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2014.

SAVIANI, D. Pedagogia Histórico-crítica: primeiras aproximações. 7º edição. Campinas, SP: Autores Associados, 2000.

SAVIANI, Demerval; SANFELICE, José Luís; LOMBARDI, José Claudinei (orgs.). Capitalismo, trabalho e educação. 3ed. Campinas: Autores Associados, HISTEDBR, 2005. (Coleção educação contemporânea).

TORRES, R. M. Educação para todos: a tarefa por fazer. Porto Alegre: Artmed, 2001.

Publicado

2019-07-29

Edição

Seção

Artigos