A CONSTRUÇÃO HISTÓRICA DO ENSINO SUPERIOR EM JORNALISMO NO BRASIL

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Tatiana Carilly Oliveira Andrade

Resumo

Este artigo teve como objetivo apresentar por meio de pesquisa bibliográfica, a construção histórica do ensino superior no Brasil e seus impactos na formação do campo acadêmico e profissional do jornalismo, observando as relações de poder exercidas em diferentes instâncias, sejam elas política, econômica e cultural, que possibilitaram a constituição do saber/campo jornalístico. Assim foi possível observar como se deu o surgimento dos primeiros cursos de graduação em jornalismo no país, de que discursos se valeram cada uma das diretrizes que antecederam a atual e seus impactos na formação acadêmica do jornalista, além de vislumbrar a reinvenção do saber/campo jornalístico no atual solo epistemológico nutrido pelo uso das tecnologias digitais.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
Carilly Oliveira Andrade, T. (2021). A CONSTRUÇÃO HISTÓRICA DO ENSINO SUPERIOR EM JORNALISMO NO BRASIL. Revista Científica De Educação, 5(1), e021025. Recuperado de http://seer.facmais.edu.br/rc/index.php/RCE/article/view/90
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Tatiana Carilly Oliveira Andrade, UniAraguaia

Jornalista e Pedagoga, mestre em Comunicação Social (UFG), doutora em Educação (PUC-GO), professora e coordenadora de curso no ensino superior (UniAraguaia)

Referências

BRASIL. Lei n. 4024, de 20 de dezembro de 1961. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação Brasileira. Disponível em: <http://presrepublica.jusbrasil.com.br/legislacao/129047/lei-de-diretrizes-e-base-de-1961-lei-4024-61>. Acesso em: 15 de out. 2014.

______. Lei n. 5.540, de 28 de novembro de 1968. Fixa normas de organização e funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média, e dá outras providências. Disponível em: <http://www6.senado.gov.br/legislacao/ListaPublicacoes. action?id=102363>. Acesso em: 03 ago.2014.

______. Decreto-lei n. 972, de 17 de outubro de 1969. Dispõe sobre exercício da profissão de jornalista. Coordenação de estudos legislativos – CEDI. Disponível em: <http://www.camara.gov.br/sileg/integras/844543.pdf>. Acesso em: 10 out.2014.

______. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial [da República Federativa do Brasil], Brasília, DF, v. 134, n. 248, 23 dez. 1996. Seção 1, p. 27834-27841.

______. Ministério da Educação. Parecer CNE/CES no 492, de 3 de abril de 2001. Aprova as Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Sociais - Antropologia, Ciência Política e Sociologia, Comunicação Social, Filosofia, Geografia, História, Letras, Museologia e Serviço Social. Disponível em: <(/cne/arquivos/pdf/CES0492.pdf)> Acesso em: 05 de abr. de 2015

______. Portaria Nº 203, de 12 de fevereiro de 2009. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Jornalismo. Relatório da Comissão de Especialistas instituída pelo Ministério da Educação. Brasília, 2009. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/ documento_final_cursos_jornalismo.pdf> Acesso em: 20 de jan. de 2014.

______. Ministério da Educação. Resolução n. 1, de 27 de setembro de 2013. Institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o curso de graduação em Jornalismo, bacharelado. Diário Oficial da União, Brasília, p.26, 01 out. 2013. Seção 1.

MORAES JÚNIOR, Ênio. Formação de jornalistas: elementos para uma pedagogia de ensino do interesse público. São Paulo: Annablume, 2013.

MOURA, Cláudia Peixoto de. O curso de comunicação social no Brasil: do currículo mínimo às novas diretrizes curriculares. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2002.

CASTILHO, Carlos. Prefácio. In: BRIGGS, Mark. Jornalismo 2.0: como sobreviver e prosperar. College Park: Universiadde de Maryland, 2007.

CHAPARRO, Manuel Carlos. A difícil tarefa de fazer jornalistas. Disponível em: http://www.fenaj.org.br/materia.php?id=2348. Acesso em: 30 de abr. 2015.

MEDITSCH, Eduardo. Pedagogia e pesquisa para o jornalismo que está por vir: a função da universidade e os obstáculos para a sua realização. Florianópolis: Insular, 2012.

TEIXEIRA, Anísio Spínola. Ensino superior no Brasil: análise e interpretação de sua evolução até 1969. Rio de Janeiro: FGV, 1989

TERNES, José. A noção de ciência e de Educação em Anísio Teixeira: considerações preliminares. In: TIBALLI, Elianda Figueiredo Arantes; NEPOMUCENO, Maria de Araújo. Pensamento educacional Brasileiro. Goiânia: PUC Goiás, 2006.

TIBALLI, Elianda Figueiredo Arantes; NEPOMUCENO, Maria de Araújo. Pensamento educacional Brasileiro. Goiânia: PUC Goiás, 2006.